Argentina se salva de ser eliminada da copa

A Argentina se salva de ser eliminada da Copa do Mundo neste sábado ao vencer o México por 2 a 0. Depois de perder para a Arábia Saudita, Os Argentinos tiveram que vencer a seleção mexicana na primeira fase para continuar lutando por vagas no Mundial.

A vitória veio graças ao brilhantismo de Lionel Messi, autor do primeiro golo do jogo. Mais uma vez, o grande craque argentino se mostrou decisivo e conseguiu salvar o país no torneio. O confronto entre os dois times foi extremamente equilibrado até que o camisa 10 acertou um belo chute rasteiro de fora da área para abrir o placar aos 64 minutos.

Em um primeiro tempo muito disputado, mas sem grandes chances, os times não pararam. Os mexicanos deram mais trabalho ao goleiro Emiliano Matinez, da Argentina. Celeste tentou triangulações e jogadas individuais, mas não assustaram Ochoa. Messi, fora, pouco fez.

No segundo tempo, os argentinos melhoraram e passaram a criar mais chances. Mas foi só aos 20 minutos que Lionel Messi, após receber passe de Di Maria, marcou em grande estilo, tirando chances de Ochoa e abrindo o placar.

Antes do final da partida, aos 40 minutos, o mesmo Lionel assistiu Enzo Fernandez com um chute forte para aumentar a vantagem e determinar o desfecho da partida.

Com a vitória, a Argentina saltou de baixo para cima

Rodada Decisiva

A última e decisiva rodada do Grupo C será na próxima quarta-feira, dia 30. A Argentina defronta a líder Polónia no Estádio 974 – a equipa de Lionel Scaloni precisa de vencer para não ficar dependente do resultado do outro jogo.

México e Arábia Saudita seguem na disputa e uma vitória pode levar os dois às oitavas de final. Os mexicanos precisam vencer e não estão sozinhos. A Arábia Saudita estará classificada se vencer. No entanto, eles se enfrentarão no Lusail Stadium no mesmo dia e horário.

Uma escalação diferente

As duas equipes chegaram depois de uma estreia decepcionante com muitas modificações. Lionel Scaloni fez cinco substituições na Argentina. Saiu o zagueiro Cristian Romero e entrou Lisandro Martínez, saiu o lateral Nahuel Molina e entrou Gonzalo Montiel, saiu Leandro Paredes e entrou Guido Rodríguez, saiu Papu Gómez e entrou Alexis Mac Allister. Mudanças significativas na equipe para melhorar o desempenho e chegar à copa após perder para a Arábia Saudita na estreia. A equipe foi montada em um 4-4-2 em duas linhas, com jogadores livres nas laterais.

No México, Gerardo Martino mudou o nome e também a escalação tática do time. No primeiro jogo, o El Tri jogou no 4-3-3, mas desta vez o time começou no 5-3-2, com a entrada de Néstor Araújo na zaga, que formou o trio de zagueiros atrás da desmontagem do centroavante Henry Martín, que não fez um bom primeiro jogo. Andrés Guardado entrou para o lugar de Edson Álvarez no meio-campo. Na lateral direita, entrou em campo um jogador mais ofensivo, Kevin Álvarez, para o lugar do lateral mais defensivo Jorge Sánchez. No final, não mudou muita coisa: o México defendeu com uma corrente de cinco homens.

Mais mesmo com essa grande vitória de hoje a Argentina luta salva de ser eliminada da copa

Artigo anteriorEngland in the Round of 16
Próximo artigoArgentina se salva de quedar eliminada del Copa