CRLV Digital

O CRLV Digital do Departamento Nacional de Trânsito (Detran) permite que os motoristas visualizem as certidões de matrícula e habilitação dos veículos diretamente do celular. Com o novo recurso, os usuários não precisam mais levar o documento do carro para todos os lugares. O aplicativo, que também é utilizado para a CNH Digital, possui leitura de QR code – o que deve facilitar a vida de motoristas e agentes de trânsito durante as descargas atmosféricas ou outras aproximações. Também é possível compartilhar o CRLV com até cinco dispositivos, ou seja uma família que utiliza o mesmo veículo pode facilmente compartilhar o documento via smartphone.

Outra vantagem é o arquivo PDF com assinatura digital e autenticado em cartório. O mesmo documento pode ser digitalizado no celular para ser compartilhado entre os motoristas. O aplicativo funciona offline e já está disponível para Android e iPhone (iOS). Vale lembrar que a iniciativa é uma parceria entre o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e o Detran.

O QUE E O CRLV DIGITAL?

O CRLV Digital é o certificado eletrônico de registro e licenciamento de veículos. Também conhecido como CRLV-e, contém todas as informações do antigo documento impresso em papel-moeda, mas em um novo layout. A validade do CRLV-e permanece a mesma do modelo físico: 1 ano de licenciamento.

Vale lembrar que o licenciamento do veículo é imprescindível para a obtenção do CRLV digital.

O CRLV Digital está disponível em qual estado?

O CRLV Digital já está disponível em todo o Brasil . Desde o início de julho de 2020, todos os 27 Detrans do país já habilitaram o motorista a visualizar e baixar os documentos digitais do veículo pelo celular ou internet.

Vale lembrar que todos os Detrans do país foram fechados devido ao coronavírus.

Como Baixar e Usar?

Passo 1. Baixe o aplicativo no site . Depois de baixado, abra o aplicativo. O serviço exibe então algumas informações importantes, como uma declaração sobre a validade legal dos documentos digitais e que é possível compartilhar arquivos pelo telefone. Deslize para a esquerda para ler todas as recomendações. Na terceira tela de aviso há uma opção para continuar. Clique nele para continuar;

Passo 2. Em seguida, insira seu CPF e clique em Avançar na parte inferior da tela para iniciar o cadastro. O registro consiste em nome completo, data de nascimento, endereço de e-mail e uma senha criada pelo usuário. Após preenchê-lo, toque em Cadastrar, que também está localizado na parte inferior da tela do smartphone. Leia as isenções de responsabilidade que explicam a política de privacidade dos aplicativos. Se você aceitar os termos, clique em Aceito;

Passo 3. Um link de ativação será enviado para o endereço de e-mail cadastrado no aplicativo. Toque em Entendi e acesse seu e-mail para confirmar o registro. Após o usuário clicar no link, ele será redirecionado para uma página do Detran que mostrará uma mensagem de que a conta foi ativada com sucesso.

Passo 4. Acesse o aplicativo e insira seu CPF e sua senha. Em seguida, clique no sinal de mais (+) localizado na parte superior da tela direita. Em seguida, há uma tela com duas opções. Toque na segunda alternativa, CRLV Digital;

Passo 5. Para inserir o Número Renavan e o Código de Segurança CRV, consulte os documentos do veículo e insira os números apropriados. O código do Renavam está no segundo campo do documento, especificado como: Cod. Renomeado. O código de segurança CRV está localizado na parte superior do documento sob o número CRV do código de registro do veículo. Vale a pena tomar cuidado para não se confundir e digitar o número do CRV em vez do código de segurança do CRV;

Passo 6. Em seguida, o aplicativo solicitará que o usuário crie uma senha de quatro dígitos. Depois disso, também é possível cadastrar sua impressão digital para entrar na Carteira de Trânsito Digital, o CDT. O app agora mostra a opção com os dados do veículo como marca, placa e último registro;

Passo 7. Após clicar na opção, seu Documento do Carro, o CRLV, aparece em formato digital. Se o usuário deslizar para a esquerda, o usuário encontrará a opção de código QR na terceira tela;

Passo 8. Por exemplo, para criar um PDF, vá para o canto superior direito da tela, clique em e em Opções, toque em Exportar. O próximo passo é selecionar a opção PDF clicando no botão e tornando-o verde. Toque em Exportar e escolha para quem você deseja enviar;

Vale ressaltar que para que o PDF seja válido como documento, é necessária uma assinatura digital e esta deve ser certificada em cartório. Em seguida, basta digitalizá-lo e salvá-lo em seu telefone. A tecnologia deve ser lançada em todo o Brasil até o final deste ano, de acordo com decisão do Conselho Nacional de Trânsito, Contran. É importante ressaltar que o CRLV não exclui o documento físico – a novidade funciona apenas como mais uma opção para os motoristas.

Artigo anteriorPartido de hoy en vivo
Próximo artigoDetran digital