Cruzeiro rebaixa o CSA

O Cruzeiro rebaixa o CSA no mineirão lotado com um recorde de publico do ano com 61.291 pessoas. Confira neste artigo mais detalhe sobre o jogo.

Neste domingo, Cruzeiro e CSA se enfrentaram na última rodada da Série B do campeonato brasileiro. No Mineirão, a equipe do técnico Adriano Rodrigues assumiu a liderança por duas vezes, com gols de Lourenço e Lucas Barcelos, mas viu Paulo Pezzolanos vencer por 3 a 2 nos minutos finais, com Rômulo e Luvannor marcando gols no primeiro minuto ao lado de Geovane Stage.

Com o resultado, o CSA é rebaixado para a Série C do campeonato brasileiro. Os alagoanos terminam na 17ª colocação com 42 pontos, dois atrás de Novorizontino, que venceu o Operário-PR por 3 a 0 e eliminou o risco de queda.

Já o campeão Cruzeiro termina aos 78. Após três anos na segunda divisão, Raposa volta à Série A.

Ficha técnica

CRUZEIRO 3 X 2 CSA

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG);

Data: 6 de novembro de 2022, domingo;

Horário: 18h30 (de Brasília);

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS);

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Luanderson Lima dos Santos (BA);

VAR: Daniel Nobre Bins (FIFA-RS);

Cartões amarelos: Oliveira, Geovane (CRU); Yann Rolim (CSA)

Gols:

Cruzeiro: Geovane (39 do 1º tempo), Rômulo (44 do 2º tempo) e Luvannor (45 do 2º tempo)

CSA: Lourenço (21 do 1º tempo) e Lucas Barcelos (35 do 2º tempo)

CRUZEIRO: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Oliveira e Eduardo Brock; Geovane, Pedro Castro (Willian Oliveira), Machado (Rômulo), Bidu e Marquinhos Cipriano (Jajá); Bruno Rodrigues e Edu.

Técnico: Paulo Pezzolano

CSA: Marcelo Carné; Éverton Silva (Lucas Marques), Douglas Nascimento, Lucão e Diego Renan; Geovane (Pais), Gabriel (Ferreira) e Yann Rolim (Gabriel Tonini); Lourenço (Lucas Lourenço), Rodrigo Rodrigues (Luvannor) e Osvaldo (Lucas Barcelos).

Técnico: Adriano Rodrigues

O jogo entre Cruzeiro e CSA

No primeiro tempo, o CSA abriu o gol aos 21 minutos do primeiro tempo. Lourenço chegou perto com a ponta certa e acertou a rede.

Aos 39, veio o empate dos Cruzeiros. Machado cobrou escanteio e Geovane cabeceou para o gol.

Dois minutos depois, a raposa teve um gol negado. Bruno Rodrigues recebeu de Edu e arrasou na rede. No entanto, o gol foi anulado por impedimento.

No segundo tempo, Rafael Cabral evitou o segundo gol do CSA aos nove minutos. Yann ficou na área com os demais, mas parou em uma grande defesa do goleiro.

Aos 35 minutos, o Alagoas estava de volta à frente do placar. Gabriel limpou a área e jogou para Lucas Barcelos enviar para a rede.

No entanto, o Cruzeiro conseguiu uma reviravolta nos minutos finais. Rômulo empatou aos 44 minutos e Luvannor marcou o terceiro de Raposas pouco depois.

Artigo anteriorApps para resultados de jogos de futebol
Próximo artigoConvocados da seleção Brasileira